Coimbra – Madeireiros são suspeitos do fogo que afligiu Coja

Patrão e empregado não tiveram os cuidados necessários e o escape da motosserra ateou incêndio.
O violento incêndio que deflagrou quinta-feira, ao princípio da tarde, na zona de Salgueiral, freguesia de Coja, Arganil, terá sido provocado pela actuação negligente de madeireiros que se encontravam a operar no terreno. Em causa estão dois homens, de 31 e 45 anos, respectivamente patrão e empregado, que foram identificados pelos investigadores da Polícia Judiciária (PJ) e constituídos arguidos, ontem de manhã, no âmbito de um processo em que são acusados do crime de incêndio florestal negligente.

Fonte: Diário de Coimbra
Jornalista: Manuela Ventura

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *


3 × 3 =