“AMIGOS DO PARQUE ECOLÓGICO” COM PRÉMIO INTERNACIONAL

0
2

O músico e programador Michael Haefliger, o arqueólogo sírio Khaled al-Asaad, de Palmira, e a Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal são os distinguidos com o Prémio Internacional Terras sem Sombra, que é entregue em julho.
O Prémio Internacional Terras sem Sombra é entregue no dia 02 de julho, às 18:30, em Sines, no litoral baixo-alentejano, pelo ministro da Cultura, Luís Filipe de Castro Mendes, adiantou à Lusa a organização do Festival, organizado pelo Diocese de Beja, que decorreu de fevereiro a junho, em oito concelhos do Baixo Alentejo.
O Prémio na categoria de Salvaguarda da Biodiversidade será entregue à Associação dos Amigos do Parque Ecológico do Funchal (AAPEF), fundada em 1996, dois anos depois da criação do parque, pela autarquia, na zona montanhosa sobranceira à cidade.
O programa de reflorestação do parque, com uma área de dez quilómetros quadrados, tinha por objetivo recuperar as formações vegetais primitivas, minimizar as condições de propagação de fogos, reduzir a erosão e diminuir os efeitos catastróficos das cheias, da infiltração das águas e reforçar as nascentes.

A AAPEF surgiu com o objetivo de mobilizar voluntários para os trabalhos. Em 2001, passou a concentrar a sua atividade na zona mais alta do parque, no Pico Areeiro, entre os 1.700 e os 1.800 metros de altitude, com o projeto “Oásis num deserto de montanha”, numa área que estava completamente desertificada. Em agosto de 2010, um incêndio destruiu aproximadamente 90% da vegetação plantada.

Fonte: Jornal da Madeira

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Coloque o seguinte código de segurança * Time limit exceeded. Please complete the captcha once again.