Escolas profissionais de Aveiro querem ser parte da estratégia de formação

0
4
Cinco escolas profissionais da Região de Aveiro tomaram uma posição pública, exigindo ser “parte activa” na definição do ensino profissional, que o Governo pretende delegar nas comunidades intermunicipais. As cinco escolas, que subscreveram um pedido de reunião ao presidente da Comunidade Intermunicipal da Região de Aveiro (CIRA), consideram que a sua experiência de cerca de 30 anos não pode ser ignorada no desenho que venha a ser feito para a formação profissional da região. A Escola Profissional de Anadia, o Instituto Profissional da Bairrada, a Escola de Formação em Turismo de Aveiro, a Escola Profissional de Aveiro e a Escola Profissional de Cortegaça “têm vindo a reunir-se periodicamente, no sentido de identificarem em conjunto necessidades de formação e modelos de actuação técnico-pedagógica comuns” e “estão empenhadas em fazer parte da estratégia de educação, formação e qualificação de recursos humanos de que a região necessita, juntando-se de modo proactivo, e em complementaridade, às demais escolas desta região”, referem numa nota conjunta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Coloque o seguinte código de segurança * Time limit exceeded. Please complete the captcha once again.