Pedrógão Grande: Câmara exige saber o que “não correu bem”

0
6

A Câmara de Pedrógão Grande aprovou, ontem, uma moção, por unanimidade, em que exige o apuramento “do que não correu bem” com o incêndio que começou no concelho e que causou a morte de 64 pessoas. “Fazer um balanço do que não correu bem é fundamental para que no futuro se possa fazer a prevenção possível e evitar tragédias, grandes ou pequenas”, refere o documento, aprovado na primeira reunião do executivo municipal, liderado por Valdemar Alves, realizada depois do fogo que deflagrou em Escalos Fundeiros, no dia 17, e que destruiu extensas áreas florestais do município e da região.
Antes da ordem do dia, o presidente e os vereadores, três eleitos do PSD e dois do PS, cumpriram um minuto de silêncio “em memória de todas as vítimas, pedroguenses ou não, que perderam a vida nesta tragédia”, em que mais de 200 pessoas ficaram feridas.

Fonte: Diário de Leiria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Coloque o seguinte código de segurança * Time limit exceeded. Please complete the captcha once again.