USNA acusa Governo espanhol de “total irresponsabilidade” no licenciamento da construção de armazéns nucleares em Almaraz

0
4

A União dos Sindicatos do Norte Alentejano (USNA) acusou, hoje, o Governo de Espanha de “total irresponsabilidade” na decisão unilateral que prevê a construção do armazém para resíduos nucleares na central de Almaraz, localizada a cerca de 100 quilómetros da fronteira portuguesa.

Segundo a coordenadora da USNA, Helena Neves, a central nuclear de Almaraz coloca em risco a vida das populações de Espanha e Portugal.

A dirigente sindical vê com repudio a forma como o Governo espanhol decidiu licenciar a construção de um aterro nuclear em Almaraz, perpetuando o risco para toda a região envolvente e apoia a decisão do Ministro do Ambiente português em recusar reunir com o governo espanhol perante factos consumados.

Tendo em conta que, a confirmar-se a decisão favorável de Espanha para a construção de armazéns nucleares em Almaraz, não foram avaliados os impactos transfronteiriços, o ministro do Ambiente já fez saber que não irá participar da reunião com a homóloga espanhola, agendada para dia 12 de janeiro.

Carla Aguiã

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Coloque o seguinte código de segurança * Time limit exceeded. Please complete the captcha once again.